top of page

BLOG

5 Dicas para teres Motivação no Ginásio

Se tens dificuldade em vir ao ginásio por falta de motivação, sentes que treinar é mais uma "barreira" na tua vida, então este post é para ti!


Seguem-se algumas dicas para aplicares no teu quotidiano, e conseguires manter a tua consistência e motivação no ginásio:



1. Be SMART, estabelece Metas


be smart

Não, não é apenas usar a inteligência durante o treino. Esta sigla inglesa "SMART", ajuda-te a orientar e a estipular metas para que te motivem na realização das mesmas.


O "S" significa específico (em inglês Specific). Qual a razão pela qual estás a treinar? Perda de gordura? Ganho de massa muscular? Desempenho no futebol? O teu treino tem de ser adaptado ao teu objetivo , queres melhorar a tua capacidade cardiopulmonar? A tua frequência cardíaca? Ou seja, tens de ter um treino específico para o objetivo que queres alcançar de forma a sentires progressos e conseguires ter mais níveis de motivação.


O "M" significa mensurável. Tens avaliado os teus resultados? Como sabes se realmente estás a melhorar? Tens fotos? Registas o progresso das tuas cargas? Dados antropométricos? Precisas de arranjar alguma forma de medir o teu desempenho para poderes comparar e ajustar conforme o pretendido.


O "A" significa alcançável. Tens trabalho, 4 filhos, nunca treinaste e queres agora treinar 5 dias/semana para ter um "corpo de verão"? Lamento, mas vou ser realista e dar-te a má notícia de que nessas condições já estás a trabalhar para falhar. Tens que estabelecer metas realistas e adaptadas à tua realidade, à tua disponibilidade e aos teus recursos. Se tens uma vida ocupada, porque não começar com um objetivo de 3 idas ao ginásio por semana? Se estabeleces objetivos irrealistas, a tua probabilidade de falhar é maior e isso depois gera desmotivação.

Estabelece metas desafiadoras, mas que não sejam inatingíveis, a ponto de desmotivar ao tentar alcançar.


O "R" de realista . Interligado ao anterior, O teu objetivo tem de ter em conta o teu ponto de partida atual. Se pretendes alcançar uma baixa % de gordura não vai ser apenas em 1 mês que o vais conseguir fazer. Se queres ganhar 10kg de massa muscular em 2 meses, isso também não vai ser possível. Estabelece metas realistas de acordo com a tua necessidade mas também com as tuas competências e capacidades.


O "T" de temporal. Estabelece uma meta durante um período de tempo. Por exemplo: "Pretendo baixar dos 18% de gordura para 12% em 1 ano". No treino, por exemplo, fazer 100kg de agachamento para 8 repetições. E também pode ser um objetivo relacionado com a alimentação, por exemplo: "Até ao final do mês vou deixar os fritos e os doces".


Ao estipulares um objetivo, vais ter algo para te guiar e orientar ao longo do teu percurso.





Tens dificuldade na obtenção de resultados? Na Rebolo Team podemos ajudar-te!






2. Cria uma rotina para teres Motivação no Ginásio


rotina diária

Nós somos produtos dos nossos hábitos. Se assumires que treinar não faz parte de ti e que é um obstáculo para a tua vida, muito dificilmente vais conseguir ter alguma motivação no ginásio para treinar.


Tenta estabelecer uma rotina, treinando em dias específicos e a horas específicas. Isto pode ajudar-te a criar um novo hábito na tua vida.


O treino de tem ser apelativo e prático para te sentires motivado a fazê-lo.


Se tens um dia que sabes que vais estar cheio de trabalho, talvez não seja boa ideia treinar nesse dia. Tenta encaixar o teu treino em dias que tens menos stress, quer pessoal ou profissional. Se segunda-feira é um dia que já sabes que vai estar ocupado até às 18h, porque não mudar o treino para outro dia? Tenta tornar a rotina de treino fácil de fazer para que consigas realmente introduzi-lo na tua vida.




3.Treina com um parceiro ou até um PT!


treinar com um personal trainer

Tudo se resume a esta palavra, compromisso. Ao treinares com um parceiro, comprometes-te, não só contigo, mas também com outra pessoa. Esta pode gerar uma sensação de "obrigação", visto essa pessoa estar a tua espera para treinar! E assim, ambos se entreajudam para que haja motivação no ginásio.


O mesmo acontece com o PT. Se és daquelas pessoas que tem imensa dificuldade em vir ao ginásio, então pagar um PT traz duas boas razões para passares a fazê-lo:

  1. Há probabilidade de perder teu dinheiro caso não compareças.

  2. Tal como na opção acima, tens alguém à tua espera.



Treinas no nosso ginásio , ambicionas resultados e tens dificuldade no teu treino?

Temos muitos profissionais que podem ajudar no teu progresso!





4. Atribui recompensas


cérebro

Desejar uma recompensa após um esforço árduo é algo quase natural ao ser humano.


A dopamina é um neurotransmissor que tem um papel importante no sistema de recompensa no cérebro que controla sentimentos de motivação e prazer. Esta é libertada em grandes quantidades quanto somos expostos a experiências com prazer, como comer, exercício e interações sociais, incentivando esse comportamento para alcançar a recompensa.


Esta tem um papel extremamente importante na motivação, porque ajuda a iniciar uma ação, como treinar, antecipando a tal recompensa.


Um exemplo: "Se eu atingir os 12% de gordura vou realizar 2 refeições livres!"; Ou no treino: "Se levantar os 100kg vou poder comprar aquelas sapatilhas."; E podemos simplificar mais, por exemplo: "Se conseguir ir 3x ao ginásio esta semana vou comer aquele kinder bueno!"


Lembra-te, geralmente tudo o que for menos prazeroso e trabalhoso de atingir, geralmente tem efeitos muito positivos a longo prazo.





5. Lembra-te do "porquê"


rapariga no ginásio

Lembra-te quais foram as verdadeiras razões iniciais que te levaram ao ginásio. Seja pela saúde, para fins estéticos, ou pelo teu bem-estar, ao relembrares essas razões podes estar a ajudar-te a reorientar com o objetivo e motivar para a continuação da jornada!


Avalia a tua situação atual, relembra o porquê de teres começado, estabelece novas metas e vamos de volta ao trabalho !








Um grande abraço,

Elton Gouveia


63 visualizações

Comments


bottom of page